“A Contribuição Sindical não é mais obrigatória, mas eu quero contribuir com o sindicato. Como faço?” sindicato

“A Contribuição Sindical não é mais obrigatória, mas eu quero contribuir com o sindicato. Como faço?”

O sindicato passa por uma grave situação financeira. A empresa já informou que disponibilizará alguma forma de os empregados manifestarem “autorização expressa” como agora está previsto em lei.

No entanto, caso o trabalhador queira mesmo contribuir, este não é o melhor caminho.

A contribuição sindical anual é igual a um dia de trabalho no ano, mas nem tudo fica para o sindicato. O sindicato recebe apenas 60% da verba arrecadada (a outra parte vai para federações, centrais e FAT do governo).

Além disso, o mais importante não é a contribuição uma vez por ano. Esse é um extra com que não podemos contar no dia a dia e demonstra para a empresa uma relação financeira apenas uma vez por ano do trabalhador com seu sindicato.

Nós precisamos aumentar o número de sócios que contribuem todo mês. Primeiro porque o número de sócios é um dos indicadores que demonstra a força de um sindicato. E o Sindipetro-RJ, neste indicador, não está bem. Apesar de ter um número grande de pessoas na base, tem menos de 10% de sócios na ativa. Isso é menor do que se verifica em relação à sindicalização do pessoal administrativo em outras bases nas quais essa proporção chega a 15% ou 20%. Nas bases operacionais, a sindicalização é ainda maior. Por exemplo, o Sindipetro-LP, também da FNP, tem 45,38% de filiados na base.

Se for para escolher entre só contribuir uma vez por ano ou se filiar, o melhor é a filiação. O sindicato tem despesas mensais importantes para responder às demandas dos trabalhadores, tais como: comunicação, sede, jurídico, saúde do trabalhador com médico do trabalho e engenheira de segurança para assessorar essas demandas e atender os trabalhadores. Nossa luta é cotidiana, com reuniões, acompanhamento de comissões de SMS, de CIPAs, de inspeções e auditorias, cobrança do RH em diversas questões relativas à SMS, AMS, benefício-farmácia etc. Sem falar que, a cada campanha de ACT, a mobilização trabalhada pelo sindicato com todos os trabalhadores tem por objetivo proteger os direitos de todos, sejam sindicalizados ou não.

Ainda, conjunturalmente, devido ao déficit que estamos enfrentando, solicitamos tanto a filiação quanto o esforço da contribuição sindical voluntária para fazermos o saneamento do sindicato com a reestruturação financeira que aprovamos nas assembleias e já iniciamos, na prática, racionalizando gastos e revisando contratos.

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste