AMS – Em defesa da vida

Botão Compartilhado: “que serviço complicado!”

Aposentados ainda apresentam reclamações por dificuldade no uso do Botão Compartilhado. É vital que a Petrobrás desenvolva e disponibilize alternativas de acesso às novas tecnologias para os aposentados, mas enquanto isso não acontece é preciso estender os postos de atendimentos presenciais.

Também há relatos de demora excessiva para resolução de problemas com liberações de internações e cirurgias, além de reembolsos, que em algumas situações ultrapassam a 90 dias.

Reclamações

Nas reuniões de Acompanhamento do ACT, a FNP sempre apresenta demandas e a Petrobrás enfatiza serem necessários o uso dos canais oficiais para essas reclamações. Por telefone utilize o 0800-287-2267 – Central de Relacionamento RH, no site “ams.petrobras.com.br” ou ainda no Ouvidoria Petrobrás –  “ouvidoria.petrobras.com.br”

Recadastramento AMS

Beneficiários aposentados e pensionistas com pagamento em contracheque que não realizaram o recadastramento poderão fazer a Atualização Cadastral até o dia 31 de dezembro de 2018, pelo Botão de Serviços no serviço “Atualização Cadastral AMS” ou na Central de Relacionamento RH, antigo Posto Avançado.

Resolução 23

A Petrobrás se comprometeu a fazer uma divulgação para todos os beneficiários, sobre os impactos das resoluções da CGPAR 22 e 23, o que até agora não foi feito. Mas parece que a proximidade da posse do novo governo “congelou”, por exemplo, essa demanda. Saiba mais.

 

Versão do impresso Boletim CI

 

Comente com o facebook
Compartilhe: