Aposentados do sistema Petrobrás realizam ato no EDISEN em defesa da Petros e contra equacionamento do déficit

No início da tarde desta quinta-feira (18) cerca de 300 pessoas entre aposentados e pensionistas do sistema Petrobrás realizaram um ato-protesto contra proposta de equacionamento do déficit de R$ 27 bi proposto pelas direções da Petrobrás e Petros, em frente ao Edifício Sede Senado (EDISEN), no Centro do Rio de Janeiro.

O diretor do Sindipetro-RJ, Roberto Ribeiro falou da proposta do ato e deu um relato sobre os trabalhos do GT criado para criar para apresentar alternativas à proposta atual de equacionamento.

Ato em defesa da Petros no EDISEN

Posted by Sindipetro-RJ on Thursday, January 18, 2018

 

A necessidade do trabalhadores ativos do sistema Petrobrás em se engajaram na luta em defesa do Petros e contra a atual proposta de equacionamento imposta pelas direções da Petrobrás e Petros foi lembrada pelo petroleiro aposentado Enaldo Barcelos que trabalhou por 20 anos no BGL-1.

Enaldo Barcelos é aposentado do sistema Petrobras tendo atuado por 20 anos na BGL-1. Ele fala sobre o ato em defesa da Petros.

Posted by Sindipetro-RJ on Thursday, January 18, 2018

 

Com uma faixa escrita em inglês ‘Give us back our money‘ (Petros) – ‘Devolvam o nosso dinheiro ‘ (Petros) –  os manifestantes também cantaram o hino nacional brasileiro.

Ato Petrobrás em defesa da Petros

Posted by Sindipetro-RJ on Thursday, January 18, 2018

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste