Arrendamento das FAFENs 51570fabrica de fertilizantes vai ser fechada pela petrobras em camacari 3

Arrendamento das FAFENs

Jornais especializados infor­mam que a Petrobrás vai lançar em janeiro um edital de arrendamento das fábricas de fertilizantes nitrogenados localiza­das na Bahia e em Sergipe, o que po­derá evitar o fechamento definitivo das unidades. O prazo foi acertado com os governos estaduais e fede­rações de indústrias, que tentam evitar o desligamento das fábricas agora previsto para 31 de janeiro.

Em comunicado anunciado em 30 de outubro sobre nova prorroga­ção para hibernação das unidades, a Petrobrás disse que era preciso mais tempo para a “conclusão da análise das alternativas”, entre as quais um “possível processo de arrendamento das fábricas a terceiros “Precisamos aumentar a pressão para que a FAFEN permaneça como parte da Petrobrás, retome os investi­mentos, garanta os empregos, recupe­re os empregos perdidos e que o preço do fertilizante seja subsidiado em prol da agricultura familiar. As FAFENs de Sergipe e Bahia empregam dire­tamente 1.500 trabalhadores, e são gerados mais de 5.000 empregos in­diretos na cadeia produtiva dessa in­dústria” – informa Bruno Dantas do Sindipetro-AL/SE.

As FAFENs de Sergipe e Bahia são responsáveis por 30% da produção de fertilizantes do Brasil, que importa 70% de sua produção.

“Parece auto-sabotagem com in­tenção de hibernar e privatizar essas fábricas, tendo em vista que o merca­do de fertilizantes tem uma grande perspectiva de crescimento no país com a expansão da agricultura, seja do agronegócio ou a familiar visan­do a soberania alimentar. Na verda­de, existem interesses de empresas estrangeiras como a russa Acron e a Bungie, que foi presidida por Pedro Parente, ex-presidente da Petrobrás, na saída desse mercado. Há tempos o Sindipetro-AL/SE está denuncian­do isso e vai continuar na luta para impedir essa intenção de entrega do patrimônio brasileiro que represen­tam as FAFENS de Sergipe e Bahia” – concluiu Dantas.

Na edição do Boletim 26 , o Sin­dipetro-RJ publicou um apanhado completo da situação das FAFENs, confira em https://bit.ly/2D1nno5

Versão do impresso Boletim XCVI

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste