Sobre a ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA e a ASSEMBLEIA ELEITORAL

Ajude a combater as fake news

  • É MENTIRA que queremos adiar a eleição
  • É MENTIRA que alteramos o número mínimo de candidatos
  • É MENTIRA que fizemos mudanças sem passar por assembleia
  • É MENTIRA que descumprimos o estatuto
  • É VERDADE que dificultamos a vida dos gestores assediadores

Propostas submetidas às assembleias:

Proposta 1 (assembleia do dia 10)
Ajustar o período de votação para abranger a escala de embarque, sem adiar a eleição para promover a participação dos trabalhadores embarcados.
A quem interessa impedir o voto de centenas de grevistas de Búzios?

Proposta 2 (já aprovado em assembleia)
Aumentar o tamanho da diretoria sem aumentar o número mínimo necessário para montar uma chapa para ter dirigentes em mais unidades, responder à nova realidade da nossa base de representação.
A quem interessa priorizar a disputa eleitoral e o controle da máquina, em detrimento de fortalecer e modernizar a entidade?

Proposta 3 (já aprovado em assembleia)
Impedir a participação de gestores em assembleias de ACT sem restringir seus demais direitos como associados ou representados para impedir o assédio institucional que escandalizou a todos no ACT 2019
A quem interessa um sindicato de braços dados com gerentes privatistas e assediadores?

 

Qual o tamanho da base do Sindipetro RJ? Quantos membros deve ter sua diretoria? 

Quase 20 mil trabalhadores ativos, distribuídos por 30 imóveis em 5 cidades, incluindo 4 plataformas, e a maior base de aposentados do país, residindo por todo o Estado. A cada rodada, mais de 70 assembleias! Isso, só o Sistema Petrobrás, sem contar as empresas privadas! Há alguns anos, a atuação do Sindipetro RJ estava quase toda centrada em alguns prédios no centro da cidade. Inicialmente, a diretoria era composta por 24 membros. A base foi aumentando e a diretoria também, como deve ser. O ideal é que tivéssemos uma diretoria muito maior, mas estamos avançando aos poucos. Por outro lado, mantivemos o número mínimo para que uma chapa possa disputar a eleição, evitando qualquer obstáculo a chapas de oposição ou menos estruturadas na categoria, garantindo a democracia do processo.

O calendário eleitoral, as plataformas, a greve e a tal “comoção nacional”

É certo que a FUP sepultou a greve antes do dia 20, data em que foi elaborado o edital de convocação da assembleia, apesar do discurso de “suspensão”. Mas se fosse retomado o movimento, provavelmente seria impossível cumprir o prazo estatutário para a renovação da diretoria, fragilizando a legalidade do sindicato perante nossos inimigos.

Por outro lado, em uma eleição com apenas bases terrestres, uma semana de votação possibilita a participação de todos, já com dificuldade para abranger todo o pessoal do turno. Se queremos a participação dos colegas embarcados, muitos residentes em outros Estados, faz-se necessário um período maior de urna aberta no aeroporto. 

Acontece que para respeitar todos os prazos previstos no estatuto, incluindo a previsão obrigatória de um eventual segundo turno, não é possível realizar, por exemplo, dois turnos de três semanas cada, o que seria o ideal. Além disso, o estatuto também define que as eleições aconteçam entre os meses de abril e maio obrigatoriamente.

Os parágrafos do estatuto que prevêem a possibilidade de flexibilizar o período de votação são justamente os 24o e 26o, através de aprovação, em assembleia, de um motivo de “comoção nacional”. 

 

Nossa proposta não tem nada a ver com adiar a eleição, que começará na primeira quinzena de abril, mas apenas autorizar a extensão do calendário e do mandato em uma semana, assim mesmo só se houver segundo turno.  

Se cabe utilizar este recurso para possibilitar a participação dos associados embarcados que foram a linha de frente da maior greve de toda uma geração, a assembleia avaliará. Em respeito a esta turma, aqueles que alardeiam “golpe”, deveriam repensar sua galhofa e seu voto.

 

Além disso, a assembleia elegerá a Comissão Eleitoral, que coordenará todo o processo, responsável por garantir a lisura e a democracia no pleito.

 

Sua presença é fundamental na assembleia desta terça, 10/03, às 17h30
Venha defender e fortalecer a democracia no seu sindicato!

 

Links

. https://sindipetro.org.br/edital-de-convocacao/

. https://sindipetro.org.br/assembleia-aprova-alteracoes-estatutarias-para-fortalecer-as-proximas-gestoes-do-sindipetro-rj/

. https://sindipetro.org.br/assembleia-para-eleger-comissao-eleitoral-10-03/

. https://sindipetro.org.br/boletim-195/

. https://sindipetro.org.br/boletim-196/

. https://sindipetro.org.br/boletim-198/

. https://sindipetro.org.br/fake-news/

. https://sindipetro.org.br/o-sindicato/estatuto/

 

Se vc tem alguma ideia para a assembleia, para garantir maior participação na eleição ou alguma outra sugestão, entre em contato com algum dirigente ou envie email para contato@sindipetro.org.br

 

Comente com o facebook
Compartilhe: