Assinatura do ACT pode afetar liminar que impede aumento da AMS

Jurídico da FNP presta esclarecimento importante!
Liminar da FNP suspendeu efeitos da Resolução 23 e segue vigente, mas assinatura do ACT causará prejuízo à categoria
O advogado da FNP, Dr. José Henrique Coelho, esclarece dúvidas sobre a ação da FNP que suspendeu os efeitos da resolução 23, CGPAR, e afirma que a liminar não tem vigência pré-determinada. Ou seja, ela está valendo. No entanto, assinar o ACT pode suspender os efeitos da liminar e causar prejuízo para toda categoria petroleira. Entenda como, veja o que Coelho e Adaedson Costa, diretor da FNP, falam sobre o assunto.
https://youtu.be/8W-5eykFpAo
Comente com o facebook
Compartilhe: