É hoje (10), o Dia do Basta! CARTAZ DIA DO BASTA ZAP 4 2

É hoje (10), o Dia do Basta!

Um dia com uma série de mobilizações dos movimentos sociais, centrais sindicais, federações e diversas categorias contra Temer e suas “reformas”.

Um dia nacional de luta, priorizando paralisações e mobilizações nos locais de trabalho, além de atos e manifestações, para discutir com os trabalhadores a necessidade da resistência e luta contra os ataques dos governos e patrões. Contra um governo que se propõe apenas defender apenas interesses privatistas e ataca sistematicamente os direitos sociais do povo brasileiro. Por isso, o Dia do Basta!

Michel Temer e seus apaniguados estão destruindo o Brasil com seu projeto neoliberal de entregar todas as riquezas e empresas estatais brasileiras ao capital internacional. E quem paga o preço desta “bondade” é o povo brasileiro.

Basta! Chega de tirar o protagonismo da Petrobrás como grande condutora do desenvolvimento do Brasil, desmontando a empresa a preços de banana, com Temer vendendo campos e poços de petróleo, e ativos como subsidiárias e refinarias.

Basta! De privatização, do abandono do Comperj e transferência de construção de plataformas no exterior.

Basta! De um Plano de Equacionamento absurdo que só prejudica os participantes do Petros 1, de um PCR que congela carreiras e prepara a Petrobrás para a sua privatização.

Basta! Ninguém aguenta mais os aumentos absurdos dos preços de combustíveis como o botijão de gás, diesel e gasolina. Os aumentos constantes das contas de luz.

Basta! Para a Reforma Trabalhista que retira direitos consagrados dos trabalhadores e que enfraquece a Justiça do Trabalho.

Basta! Para a destruição da Saúde e da Educação no Brasil, que além do abandono dos hospitais, postos de saúde, escolas e universidades, por causa do corte de gastos sociais por 20 anos, infringe aos trabalhadores precarização e cortes salários.

Basta! Não aos privilégios das castas dos Judiciário e Legislativo.

Basta! Do abandono dos idosos.

Basta! De violência contra as mulheres, de machismo e assédio moral e sexual no trabalho. Que as mulheres tenham o poder de decidir sobre o seu próprio corpo.

Basta! De racismo, violência contra LGBTs e xenofobia contra imigrantes.

Por tudo isso, Basta!

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste