Em coletiva nesta segunda (30/10), ‘SOS Emprego’ vai rebater calúnias do prefeito Washington Reis (PMDB)

Representantes do ‘Movimento SOS Emprego’ promovem nesta segunda-feira (30/10) entrevista coletiva sobre os fatos ocorridos na Prefeitura de Duque de Caxias, na última quinta-feira (26/10), quando trabalhadores foram agredidos pela Guarda Municipal no momento em que tentavam uma audiência com o prefeito Washington Reis (PMDB) para cobrar a aplicação da lei do conteúdo local, que assegura percentual mínimo de contratações no município. A entrevista coletiva será na sede da CSP (Central Sindical e Popular) Conlutas, no Centro do Rio, a partir das 16h.

Durante o confronto, a grade no entorno da Prefeitura foi derrubada e os trabalhadores, num total de 400, ocuparam o imóvel, do qual saíram pacificamente, algum tempo depois, mediante promessa de que o prefeito Washington Reis os receberia na segunda-feira (30/10).

Em entrevista à Rádio Tupi logo após a desocupação, contudo, o prefeito acusou o Movimento SOS Emprego de ‘ser dirigido por milicianos’ e de ‘estar envolvido em roubo de combustíveis’, entre outras calúnias que serão devidamente rebatidas na coletiva desta segunda (30/10), na sede da Conlutas.

Os trabalhadores que participaram da marcha até a Prefeitura, na última quinta-feira 26, compõem um grupo de demitidos da Reduc e de outros empreendimentos no município.

Criado há cerca de três anos, o ‘Movimento SOS Emprego’ reúne trabalhadores demitidos das empresas que atuavam no Comperj e em outras obras da Petrobrás. Grande parte desses trabalhadores até hoje ainda não receberam a totalidade de seus direitos trabalhistas, além de perderem seus empregos.

 

Comente com o facebook
Compartilhe:
Sem comentários

Poste um comentário

Aumentar a fonte
Alto Contraste