Investimentos “furados”da Petros: Zoomp

Imagine um empresário sócio de uma empresa gestora de investimentos que seja responsável pela aplicação de um Fundo Multimercado criado para atender a um grande fundo de pensão, e que esse mesmo empresário seja dono de outra empresa que recebeu investimentos deste mesmo Fundo Multimercado.

Estamos falando de Carlos Valmer Pereira Thome da Silva, sócio, administrador da empresa Global Capital 2000 Administradora de Recursos Financeiros S/A, gestora do Fundo de Investimento Multimercado (FIM) Petros Crédito Privado Boreal, e também sócio da Zoomp S/A, grife de roupas que fez sucesso nos anos 1990.

Essa história parece um clássico conflito de interesse que envolve um investimento de mais de R$ 11,2 mi, realizado em 2007, em que o FIM Petros fez na Zoomp S/A, em abril de 2007. Em 2009 a empresa entrava em processo de recupera- ção judicial. A Petros somente iniciou a execução judicial da Zoomp nos anos de 2009 e 2010, depois de, literalmente, a vaca ter ido para o brejo.

Versão do impresso do boletim 71

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste