Já são 113 bases na Greve Nacional

Nesta quinta-feira (13) mais unidades aderiram a greve. Já são 113 unidades do Sistema Petrobrás mobilizadas, em 13 estados do país, com mais de 20 mil petroleiros envolvidos nas atividades da greve nacional. Em Manaus, a greve ganhou o reforço dos trabalhadores das termelétricas Jaraqui e Tambaqui, nesta quinta. Na Bacia de Campos, houve adesões de três plataformas. Até o momento, 33 de um total de 39 plataformas da região aderiram à luta nacional da categoria para reverter às demissões na Fábrica da Araucária Nitrogenados (ANSA), cujos trabalhadores já estão recebendo telegramas comunicando a dispensa.

Também fazem parte da pauta petroleira o cumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho, a luta contra o desmonte da Petrobrás e contra as privatizações. Ainda nesta quinta, petroleiros das bases da FNP protestaram contra a política de preços exorbitantes dos combustíveis e do gás de cozinha praticados pelo governo. Os sindicatos filiados à Federação venderam botijões de gás a um preço considerado aceitável para a população de baixa renda que está sendo bastante afetada pelos prejuízos causados pela política de preços de paridade internacional e pelos desinvestimentos da Petrobrás.

 

Imagem em destaque:

Sindipetro PA/AM/MA/AP

Versão do impresso Boletim 192

Comente com o facebook
Compartilhe: