Nesta terça tem negociação com a Petrobrás e votação da MP da Shell WhatsApp Image 2017 12 11 at 20

Nesta terça tem negociação com a Petrobrás e votação da MP da Shell

A Petrobras marcou reunião de negociação com a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) para esta terça-feira, dia 12. Os petroleiros e petroleiras estão mobilizados para resistir e já rejeitaram a retirada de direitos. Se não houver avanços na nova proposta, o Sindipetro-RJ irá indicar nova rejeição e greve. Greve não só por um acordo coletivo sem retrocessos, mas contra o equacionamento abusivo da Petros, os ataques ao Benefício Farmácia, a redução de efetivo e a venda de ativos – já sendo associada a um plano de transferência de efetivo,  pressionando os trabalhadores a sair imediatamente do setor (Mobiliza). Sem contar a luta contra o plano de desinvestimento que desmonta o Sistema Petrobrás com graves consequências sociais e econômicas.

A greve precisa ser realizada antes do fim da vigência do atual ACT (30/12). De preferência unificada com as demais categorias que debatem a possibilidade de uma greve geral ainda em dezembro. Nesta quinta (14) as centrais sindicais se reúnem para decidir uma nova data para a paralisação.

Petrolíferas – Para esta terça também está prevista a votação pelo Senado da MP795, já aprovada na Câmara, que libera as petrolíferas estrangeiras do pagamento de diversos impostos. Também chamada de MP da Shell e MP do Trilhão – valor que deixará de entrar nos cofres da União se aprovada – ela  perdoa dívidas que estas empresas já têm com a União (cerca de R$54 bilhões). As petrolíferas já anunciaram que só assinam os contratos dos blocos do Pré Sal se essa MP for aprovada.

Lutar contra a aprovação dessa lei é lutar em defesa do petróleo brasileiro e por nossa soberania.

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste