O Coronavírus e a Saúde do Trabalhador – Videoconferência ao vivo nesta quarta (1)

A expansão da pandemia do COVID-19 (Novo Coronavírus) já afeta as economias, e consequentemente as relações de trabalho em escala global. No Brasil já são mais de 5.812 casos, com 203 mortes, no Sistema Petrobrás os números atualizados apresentam o registro de um total de 13 casos confirmados de contaminação pelo COVI-19 (8 RJ, 2 BA, 1 RS,1 ES e 1 SP).

Em específico no Rio de Janeiro, base do Sindipetro-RJ, já foram encaminhadas 15 denúncias pelo Sindicato à direção companhia sobre o não cumprimento de recomendações de prevenção no ambiente de trabalho indicadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, para mitigar a situação e evitar futuros contágios entre os trabalhadores.

São situações que vão desde o uso inadequado de transportes, a não criação de equipes de contingenciamento e o abandono ao qual são submetidos os trabalhadores terceirizados, entre outras que incluem o não fornecimento de insumos básicos de proteção e descontaminação como máscaras e álcool gel.

Para debater esse contexto na Petrobrás, o Sindipetro-RJ promove nesta quarta-feira (1), a partir de 18h30, uma videoconferência aberta (live), com especialistas e diretores do Sindicato que vão debater a situação dos trabalhadores e trabalhadoras do sistema Petrobrás no atual contexto da crise sanitária provocada pela Pandemia do COVID-19.

A sala será formada por Marcelo Augusto Christoffolete, biólogo com mestrado em Fisiologia Humana; Ricardo Bogado, Geólogo e diretor do Sindipetro-RJ; Lilian Vieira, médica do trabalho do Sindipetro-RJ e Tiago Amaro, administrador, sociólogo e diretor do Sindipetro-RJ.
O evento será transmitido ao vivo pelo www.facebook.com/sindipetrorj

Comente com o facebook
Compartilhe: