Petrobrás burla liminar e emite contracheques com desconto indevido

FNP incluiu contracheques na ação e aguarda a decisão judicial

A atual gestão da Petrobrás descumpre liminares e investe em propaganda enganosa para oprimir os trabalhadores. Após a entrega dos contracheques de maio, os gerentes desinformaram os petroleiros sobre os descontos indevidos tentando convencer os trabalhadores de que a gestão da empresa está correta ao praticar os descontos. Fato é que a ação civil pública impetrada pela FNP obteve liminar contra as medidas de redução de jornada e de remuneração no dia 17 de abril. Porém, a Petrobrás reagiu com pedido de reconsideração e mandado de segurança, mas a decisão a favor dos trabalhadores foi mantida no Tribunal.

O sindicato solicitou para a base o envio dos contracheques que tiveram o desconto indevido praticado. O setor Jurídico do Sindicato os encaminhou para o Jurídico da FNP, pois foi a Federação que fez as petições referentes a esses descumprimentos. Até o fechamento desta matéria o juízo não havia se manifestado sobre as petições.

Comente com o facebook
Compartilhe: