Petros: grande manifestação e ações em andamento

As ações do Fórum em Defesa da Petros, com mobilizações e ações judiciais em defesa da categoria, mostraram sua força: além do grande ato realizado dia 19 de fevereiro, já são duas ações deferidas (aceitas pela justiça) contra a aplicação das contribuições extraordinárias já em 10 de março próximo nos contracheques de ativos, inativos e pensionistas do Plano Petros 1. Essas ações foram encaminhadas pela FNP via Sindipetro-SJC e Sindipetro–AL/SE através de Ação Civil Pública.

REUNIÃO DO FÓRUM – O Fórum em Defesa da Petros volta a ser reunir no próximo dia 1º de Março , a partir das 9h30, no Rio de Janeiro, para: avaliar as repercussões do grande ato e caminhada realizada no EDISEN e no EDISE no último dia 21 de fevereiro, reunindo mais de 2 mil pessoas; debater o anúncio da cisão do Plano Petros do Sistema Petrobras (PPSP) em dois planos: O PPSP-R (Plano dos Repactuados) e o PPSP-NR (Plano dos Não Repactuados), autorizada pela Superintendência de Previdência Complementar – Previc; e os próximos passos a serem definidos para impedir a implantação do equacionamento. O Fórum é integrado pela Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet), GDPape (Grupo em Defesa dos Participantes da Petros) e Fenaspe (Federação Nacional das Associações de Aposentados, Pensionistas e Anistiados do Sistema Petrobrás)

(Versão da edição impressa do Boletim VLIII)

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste