Reunião do ACT (10/11) em tempo real, acompanhe!

Na tarde desta sexta-feira (10) acontece  uma reunião agendada pela Petrobrás para apresentar a nova proposta de ACT para a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) e os seus sindicatos filiados. Confira aqui em tempo real o decorrer da apresentação.

Embora a reunião esteja prevista para iniciar às 14 horas, a gerência do RH já enviou a proposta para o e-mail da FNP. Antes mesmo de se sentarem à mesa de negociação.

14:11: Atraso – Reunião ainda não iniciada.

15:01: Começou! No preâmbulo Agnelson Camilo diretor da  FNP informa que a entidade já tem conhecimento da nova proposta e diz que durante o encontro serão abordadas questões que não ficaram claras no documento enviado na manhã desta sexta (10), e que posteriormente a mesma proposta passará por uma análise da categoria a partir de assembleias.

15:10: Funcionária com problema de saúde crônico relata problemas de recebimento de salários:  Uma funcionária da REDUC com um problema de saúde crônico  expõe sua situação em que convive entre idas e vindas durante 11 anos entre  liberações  do INSS e reapresentações no seu local de trabalho em que a própria Petrobrás informa a inaptidão da trabalhadora. Os representantes do RH informam que estão resolvendo o problema. “Estou tendo problemas para adquirir medicamentos e garantir a sustentabilidade de minha família” – disse.

15:20: Situação dos anistiados: Fabíola Mônica, diretora do Sindipetro-RJ cobra da direção da Petrobrás uma solução para o problema dos funcionários que foram reintegrados após anistia. Esses trabalhadores foram demitidos no passado por conta de perseguições políticas  e planos econômicos. Representante da Petrobrás informa que essas questões continuam sendo avaliadas a partir da Comissão Paritária de Anistia.

15:33: Apresentação da nova proposta: José Luiz Marcusso, gerente de RH, inicia exposição sobre o que muda a partir da proposta apresentada em 14/9. A companhia mantém a tabela  HETT , mas com pagamento de 75%,  e horas extras de jornada em 75%, valendo a partir de 1 de dezembro; Reajuste nas tabelas dos benefícios educacionais e programa Jovem Universitário (não será extinto) em 1,73%; Permanência do adicional do Estado de Amazonas e Gratificação de campo terrestre com reajuste de 1,73%; Inclusão de doenças psiquiátricas no rol de doenças crônicas – redução no limite de aquisição de medicamentos para 150,00; Vale Refeição/alimentação para 1.143,34, sem considerar o valor do auxilio no calculo de férias e 13º; Validade do ACT por 2 anos e  Manutenção do do conteúdo de AMS e SMS; Redução opcional de jornada com redução de 5 para 4 dias semanais para os empregados de regime ADM com redução proporcional de 20% no salário; O IPCA passa a ser o índice referencial para reajustes na vigência do ACT.

16:19: Fim de papo: FNP pede encerramento da reunião para avaliação da nova proposta após receber a minuta ainda não enviada à federação.

Comente com o facebook
Compartilhe:
Sem comentários

Poste um comentário

Aumentar a fonte
Alto Contraste