Sindipetro-RJ apresenta denúncia no MPT contra arbitrariedades e ilegalidades na Petrobrás

Após audiência, no dia 3 de abril, o sindicato encaminhou à CONALIS (Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical), do Ministério Público do Trabalho (MPT),um robusto documento elencando nove pontos danosos que a direção da Petrobrás pretende impor aos trabalhadores em seu “Plano de Resiliência”, em resposta a crise do COVID-19, divulgado a partir do 1º de abril.

“O Sindipetro-RJ vem requerer a imediata intervenção do Ministério Público do Trabalho, para que as situações irregulares (…) sejam sanadas com a maior brevidade possível, atentando-se ao fato de que são medidas que interferem na saúde dos trabalhadores e na subsistência destes, sendo “urgente” qualquer medida a ser adotada pelo Ministério Público, seja ela judicial ou extrajudicial” – resume a denúncia. DENÚNCIA CONALIS. Sindipetro RJ X Petrobras. Coronavírus (1)

Comente com o facebook
Compartilhe: