Trabalhador terceirizado morre em acidente com guindaste na Bacia de Campos luto la  o 5

Trabalhador terceirizado morre em acidente com guindaste na Bacia de Campos

Na tarde do último domingo (25), o mecânico de guindaste Sandro Ferreira da Silva, morreu durante um acidente na plataforma fixa PNA-2, da Petrobrás, localizada no Campo de Namorado, na Bacia de Campos.

Sandro era funcionário da empresa RIP Kaeter e  realizava manutenção em um guindaste quando, por volta das 14h30, de acordo com as informações iniciais, teria sido esmagado pelo equipamento.  Conforme informações publicadas no site do Sindipetro-NF, o corpo do trabalhador continua a bordo da unidade..

De acordo com informações apuradas pelo Sindipetro-NF junto à Petrobrás, a retirada do corpo do local do acidente é uma operação delicada, em razão da altura de dez metros do piso da plataforma e do difícil acesso. O trabalho será feito por uma equipe especializada dos bombeiros.

Segundo  o site Clique Diário, os trabalhadores que estavam na plataforma, mas não quiseram se identificar, informaram que Sandro não queria fazer a manutenção do guindaste, pois o vento estava acima de 30 nós (uma unidade de medida de velocidade equivalente a uma milha náutica por hora), mas foi orientado a fazer o trabalho mesmo assim. Ainda segundo trabalhadores, Sandro desembarcaria ontem (25), e receberia uma promoção pelo mérito do trabalho desenvolvido.

O Sindipetro-RJ presta solidariedade à família de Sandro Ferreira da Silva e a seus colegas de trabalho.

Sandro Ferreira da Silva , presente!

 

Fonte: Sindipetro-NF e Clique Diário

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste