Assassinado líder do SOS Emprego de Sergipe

O Sindipetro-RJ lamenta informar que Clodoaldo dos Santos, líder do SOS emprego em Sergipe, foi assassinado. Nosso pesar e solidariedade à família do companheiro que lutava em defesa dos trabalhadores.

Nota do Movimento SOS Emprego-RJ sobre a morte do companheiro Clodoaldo em Sergipe

Na tarde de ontem as 15:50 foi assassinado o companheiro Clodoaldo dos Santos, conhecido como barriga, que era líder do Movimento SOS Emprego em Sergipe. O mesmo foi alvejado com um tiro na cabeça por dois homens que chegaram a sua casa de moto com o pretexto que queriam entregar um currículo para trabalhar na obra da termoelétrica da região. O dirigente do Sos Empego orientou os criminosos a entregarem na empresa e ao se despedir dos mesmos foi alvejado.
Os companheiros de Sergipe organizaram este movimento inspirados em nosso movimento SOS Emprego aqui do Rio de Janeiro e assim como aqui, lutam pelo emprego com a retomada das obras, pela criação de uma empresa estatal de obras para eliminar a máfia das empreiteiras e contra o absurdo de cobrança ilegal por vagas de emprego, que obriga o trabalhador a pagar um determinado valor aos atravessadores, ou mesmo em troca de voto.
A maioria são trabalhadores metalúrgicos e da construção civil que vieram das obras da Petrobras, tendo uma parte tomado calote dessas empresas, que não pagaram as verbas rescisórias e em alguns casos nem os dias trabalhados.
Por vezes alguns sindicatos ligados a trabalhadores destas obras se envolvem em negociatas de vagas e até recebem dinheiro das empresas para reprimir trabalhadores, intimidando com milícias armadas. No passado algumas empresas contratavam jagunços para acabar com a luta dos operários, agora estão pagando a alguns sindicatos para fazer este jogo sujo.
Ao mesmo tempo parece não interessar a maioria das centrais sindicais e partidos, inclusive ditos de esquerda, o fim destas empreiteiras porque as mesmas financiam as campanhas eleitorais e depois recebem este dinheiro em troca de contratos superfaturados como temos visto a todo momento envolvendo partidos que estão e que estiveram no governo.
Todo povo brasileiro vem sofrendo pela irresponsabilidade e ganância dos grandes empresários e políticos bandidos, que tem tido como reflexo o aumento assustador do desemprego, da violência e empobrecimento de toda população, enquanto um pequeno grupo de empresários e políticos vivem no paraíso.
Condenamos veementemente este assassinato de nosso companheiro Clodoaldo, exigindo investigação inclusive da PM local, com punição para os responsáveis e reafirmamos a disposição dos trabalhadores de lutar pelos seus direitos contra qualquer governo, pois é o único caminho que resta para sobrevivermos.
O Movimento SOS Emprego conclama a todos trabalhadores empregados e desempregados a continuarem firmes em nossa luta, sem esperar por promessas de eleições, dando continuidade a luta de forma direta e sem tréguas pelos nossos empregos e contra as reformas malditas do atual governo
Rio de janeiro, 15 de dezembro de 2017

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste