Equacionamento em debate aposentados

Equacionamento em debate

Na última terça-feira (21) foi reali­zada uma Reunião Extraordinária dos aposentados e pensionistas na sede do Sindicato para esclarecer dúvidas sobre o Plano de Equacionamento Petros 1 que está sendo imposto aos petroleiros. “Formulamos um documento a ser enviado ao Ministério Público Federal (MPF) que pede providências sobre a situação da Petros, mas precisamos obter assinaturas dos aposentados” – falou Gilberto Ramos Jr, integrante da Comissão de Base dos aposentados pe­troleiros e do grupo Cabeças Brancas.

Segundo Paulo Bran­dão, diretor da APAPE e da AEPET, “Não podemos abrir mão do recurso das ações judiciais, mas ele não resolve o problema no curto prazo e há ne­cessidade de estancar imediatamente a sangria que o equacionamento nos impõe. É preciso pro­por a construção de uma saída sustentável técnica, econômica e financeiramente para o PPSP em oposição ao Plano 3, proposto pela Petrobrás que provavelmente absorverá o PPSP e o Petros 2.”

Versão do impresso Boletim LXXXVII

Comente com o facebook
Compartilhe:
Tags:


Aumentar a fonte
Alto Contraste