Plenária nesta terça-feira (08/06) define organização do 19J no Rio de Janeiro

Encontro é promovido pela Organização das Lutas Populares – RJ que tem o objetivo de organizar o ato #ForaBolsonaro no próximo dia 19 de junho, na cidade do Rio de Janeiro. O Sindipetro-RJ participa da plenária

Plenária Estadual do 19J, dia 8 de junho, às 18h, via ZOOM

Inscrições: http://bit.ly/5plenarialutasrj

19J para reforçar a luta contra os genocidas e entreguistas: Fora Bolsonaro e Mourão!

No próximo dia 19 de junho está programado mais um Dia Nacional de Luta pelo Fora Bolsonaro e Mourão. Os atos são em continuidade ao 29M que colocou nas ruas mais de 420 mil pessoas nas ruas

O Brasil de Bolsonaro e da pandemia da COVID-19 já se aproxima da triste marca de 500 mil mortes em mais de 15,6 milhões infectados; 19 milhões passaram fome no Brasil no fim de 2020; 14,4 milhões ou 14,4%, da população economicamente ativa está desempregada. Nas bancadas de supermercados a carne já se torna artigo de luxo e os pés de galinha se tornam opção para alimento dos brasileiros.

A CPI da Pandemia no Senado mostra como o governo Bolsonaro propositalmente retardou a compra de vacinas para o povo brasileiro, aplicando um programa de medicação sem eficácia em conluio com grandes laboratórios farmacêuticos para a população. Um verdadeiro genocídio planejado nos mínimos detalhes!

Bolsonaro é o preposto da burguesia cúmplice do caos em um governo teleguiado pelos militares. Desta vez teve o acinte e a cara de pau de dizer: “Quem quer mais auxílio vai no banco fazer empréstimo”, revelando mais uma vez o seu desprezo aos necessitados, assim como disse que não era coveiro para saber das mortes.

Além disso, com auxílio de ministros como Paulo Guedes, Ricardo Salles e o centrão promove uma política de desmonte do estado social, ao querer fazer uma Reforma Administrativa que pretende colocar uma “granada” no bolso dos servidores, destruindo e privatizando estatais como a Petrobrás; desmobilizando ações de proteção ao Meio Ambiente, incentivando madeireiros, queimadas e o agronegócio; com um discurso misógino, racista e LBGTQfóbico; apoiando e estimulando violência policial contra pobres e pretos das favelas.

Chega, a hora do basta é agora! Os petroleiros e petroleiras fazem um chamado paras fortalecer as manifestações de 19 de junho e convocar uma Greve Geral Sanitária para por fim a Bolsonaro e Mourão, já!

Comente com o facebook
Compartilhe: