Petroleiros do Rio rejeitaram a proposta da Petrobrás

Nas assembleias realizadas no Rio de Janeiro, de 26 de setembro à 3 de outubro, os petroleiros rejeitaram a proposta da Petrobrás por 634 votos à 2. Foi aprovada tam­bém a assembleia permanente e o es­tado de greve.

Comente com o facebook
Compartilhe:
Sem comentários

Poste um comentário

Aumentar a fonte
Alto Contraste