8M: A mulherada vai para a rua lutar!

No Dia Internacional das Mulheres RJ, sexta­-feira, 8 de março, mani­festações ocorrerão no Brasil e no mundo. A greve internacional das mulheres em luta por respeito, dig­nidade, segurança e liberdade é um marco histórico contra a injustiça e desigualdade social que afetam a classe trabalhadora.

No Rio, onde haverá manifesta­ção no centro da Cidade, a convoca­tória acontece, entre outras formas, pelo Facebook, tendo como eixos centrais “Pela vida das mulheres, justiça por Marielle. Por democracia e direitos. Somos contra Bolsonaro e a Reforma da Previdên­cia”.

Petroleiras na luta – Em reunião aberta realizada em 15 de fevereiro, o GT de Diversidade e Combate às Opressões do Sindipetro-RJ deba­teu, entre outros pontos, a partici­pação das mulheres petroleiras no 8 de março. Como esquenta para o ato, haverá concentração com roda de conversa e confecção de cartazes tendo como temas específicos das petroleiras a luta contra a privatiza­ção, por direitos, emprego e contra o assédio.

Para além da manifestação nas ruas, o GT também está organizan­do a Roda de conversa “21 dias de ativismo” sobre racismo no mercado de trabalho, no dia 13 de março, às 17h30, no Sindicato e uma exposi­ção cultural sobre mulheres no Sin­dicato hoje, petroleiras na luta ao longo da história e Marilia Regali, primeira mulher na empresa e geó­loga reconhecida.

Versão do impresso Boletim CX

Comente com o facebook
Compartilhe: