A hora é essa!

Nenhum corte na Educação!

Uma das principais resoluções do Congresso Nacional da FNP é a necessidade da luta conjunta para barrar o desmonte da Petrobrás e outras estatais e garantir que recursos advindos do petróleo sejam efetivamente utilizados em prol da população. Neste sentido, a luta dos profissionais da educação e estudantes contra a diminuição de verbas para escolas, universidades públicas e setores de pesquisas tem tudo a ver com a luta petroleira!

EM DEFESA DAS REFINARIAS – Por isso, dia 15, os Sindipetros da Federação estarão em um dia de luta em defesa das refinarias chamando os trabalhadores a se integrarem aos atos e manifestações de rua, em todo o país, ao lado dos profissionais da educação e estudantes, contra os cortes de verbas na educação, em continuidade aos atos unitários do primeiro de maio contra a reforma da Previdência e preparando a greve geral marcada para 14 de junho!

PRIMEIRO DE MAIO DEMONSTRA A UNIDADE DA CLASSE TRABALHADORA EM TODO O BRASIL E APONTA TAREFA DA GREVE GERAL CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA – No Rio, o Sindipetro-RJ participou ativamente do ato unificado convocado pelas centrais sindicais contra a reforma da Previdência e a retirada de direitos promovida pela reforma Trabalhista e pelos recentes ataques do governo Bolsonaro. Os petroleiros lutam pela unidade na defesa dos direitos da categoria, dos empregos, da Petros, da Petrobrás pública e 100% estatal e contra a reforma da Previdência.

DETERMINAÇÃO DE CORTE DE VERBAS NA EDUCAÇÃO PELO GOVERNO BOLSONARO IMPULSIONA MANIFESTAÇÃO DOS ESTUDANTES – Já nesta segunda (6), milhares de estudantes secundaristas realizaram um grande protesto em defesa da Educação durante a visita de Bolsonaro a um evento no Colégio Militar do Rio de Janeiro. A partir de então, pelo Brasil, professores, estudantes se manifestam pelo Distrito Federal e universidades defendendo recursos para ensino e pesquisa. O momento é de ir para as ruas e mostrar toda nossa insatisfação! Contra o desmonte do Sistema Petrobrás, a entrega de nossas refinarias, todo apoio à greve da Educação e rumo à greve geral!

Comente com o facebook
Compartilhe: