A Saúde do trabalhador é coletiva

Por Rosa Maria Corrêa

Ao longo de 2018, o Sindipetro-RJ estreitou parceria com o Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (CESTEH/Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz) com o objetivo de promover intercâmbio de conhecimentos.

Na sexta (14), um encontro entre especialistas e diretores do Sindicato consolidou essa aproximação entre as entidades. “A saúde vem sendo separada do ambiente de trabalho e, como o próprio nome do CESTEH diz, eles são integrados. Os especialistas estão vindo nos ensinar, mas também aprender conosco sobre a vida e a saúde do trabalhador na indústria do petróleo”, disse o diretor do Sindicato, André Bucaresky.

A coordenadora do CESTEH, Kátia Reis, destacou que  “infelizmente, no Brasil, somente os especialistas conseguem ter uma análise crítica sobre o processo de trabalho e os efeitos desse processo sobre a saúde coletiva dos trabalhadores”. Para promoverem uma futura troca desses conhecimentos, o Sindipetro-RJ e o CESTEH realizaram este ano três oficinas explorando temas recorrentes na categoria petroleira: assédio, regime de trabalho e risco de exposição.

Segundo o diretor do Sindicato Ricardo Bogado, “em 2019, a parceria vai ser aprofundada com previsão de disponibilizar conhecimento e fortalecer essa discussão na classe trabalhadora”.

Saiba mais na TV Petroleira:

Comente com o facebook
Compartilhe: