ABAIXO-ASSINADO CONTRA AS PERSEGUIÇÕES NA PETROBRÁS

Nós, abaixo assinados, reivindicamos a revisão da ação da Petrobrás de retaliação profissional às dirigentes sindicais Patrícia Laier (E&P / VENTURA), Carla Marinho (CENPES) e Moara Zanetti (GP / SENADO).

Na última semana, as até então consultoras Patrícia e Carla foram informadas que seriam destituídas da função exclusivamente pelo fato de serem dirigentes sindicais, mesmo tendo sido revalidadas na função especialista em 2018 e sendo amplamente reconhecidas pela competência e dedicação Igualmente reconhecida e pelo mesmo motivo, Moara foi retirada das atividades que vinha realizando desde que entrou na Petrobrás.

A decisão de Claudio Costa, Gerente Executivo de “Gestão de Pessoas”, pretende estender-se a todos aqueles que se utilizarem da liberdade de expressão, do direito de opinião e da autonomia de organização.

Abaixo assinado contra as perseguições na Petrobrás

 

Comente com o facebook
Compartilhe: