Aposentados do sistema Petrobrás exigem respeito!

No dia Nacional dos Aposentados, celebrado nesta quinta-feira (24) foi realizado no início da tarde,  em frente à sede da Petrobrás (EDISEN), no Centro do Rio, o ato “Em Defesa dos Direitos na Aposentadoria” promovido por petroleiros aposentados do Sistema Petrobrás.

Ato "Em Defesa dos Direitos na Aposentadoria" neste momento.

Posted by Sindipetro-RJ on Thursday, January 24, 2019

A manifestação exigiu a imediata cobrança, pela Petros , das dividas da Petrobrás com o Plano Petros, com imediato pagamento; contra o atual Plano de Equacionamento (PED) e seu imediato cancelamento; contra a nova tentativa da reforma da Previdência agora promovida pelo governo Bolsonaro; pela imediata cobrança, pelo novo governo, das dividas dos empresários com a Previdência e pela devolução dos desvios de recursos da Previdência por meio da DRU.

Liminar que suspende PED “assassino” não caiu

No ato, o diretor do Sindipetro-RJ, Igor Mendes deu informes sobre o andamento do processo no Rio para a suspensão do PED, esclarecendo que  não procede a notícia de que a liminar de suspensão havia sido derrubada. Ainda nesta manhã, o Jurídico do Sindicato divulgou um vídeo feito pelo advogado do Sindipetro-RJ, explicando sobre a situação.

Sobre a liminar do equacionamento.

Posted by Luiz Fernando Cordeiro on Thursday, January 24, 2019

 

MBL aparece para tumultuar

Um integrante do MBL que se identificou como Gabriel Monteiro tentou tumultuar o ato “Em Defesa dos Direitos na Aposentadoria”. Portando uma camisa do Psol que “disse ter pego emprestado” com um amigo, Gabriel entrevistava os manifestantes presentes se dizendo integrante do partido, mas em suas perguntas fazia uma abordagem maliciosa aos aposentados e pensionistas presentes para que se conformassem com a reforma da Previdência. Configurando assim uma clara situação de desonestidade intelectual. Posteriormente, após a nossa abordagem ele trocou de camisa.

Um integrante do MBL que se identificou como Gabriel Monteiro tentou tumultuar o ato "Em Defesa dos Direitos na Aposentadoria". Portando uma camisa do Psol que "disse ter pego emprestado" com um amigo, Gabriel entrevistava os manifestantes presentes se dizendo integrante do partido, mas em suas perguntas fazia uma abordagem maliciosa aos aposentados e pensionistas presentes para que se conformassem com a reforma da Previdência. Configurando assim uma clara situação de desonestidade intelectual. Posteriormente, após a nossa abordagem ele trocou de camisa. Confira o vídeo!

Posted by Sindipetro-RJ on Thursday, January 24, 2019

 

Carta Aberta

Ao final do ato, o diretor Roberto Ribeiro, acompanhado por uma comissão de petroleiros, protocolou no EDISEN uma Carta Aberta dos Aposentados do Sistema Petrobrás direcionada ao presidente da empresa, Roberto Castello Branco. O documento faz uma defesa do atual sistema previdenciário do Brasil criado a partir da Constituição de 1988 e se coloca contra o projeto do ministro da Economia, Paulo Guedes que pretende implantar com a reforma um modelo de capitalização.

Ao final do Ato no Dia Nacional do Aposentado,, o diretor Roberto Ribeiro, acompanhado por uma comissão de petroleiros, protocolou no EDISEN uma Carta ao presidente da Petrobrás.

Posted by Sindipetro-RJ on Thursday, January 24, 2019

 

Comente com o facebook
Compartilhe: