Castello avisa: até 2022, atividades serão restritas ao Sudeste

Desemprego em massa para trabalhadores de outras regiões do Brasil já se apresenta

Para uma plateia de empresários cariocas, na As­sociação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), Roberto Castello Branco disse que as atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural e também o refino vão se concentrar nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo.

Disse ainda que a Petrobrás é uma empresa do Rio de Janeiro, mas como vai intensificar o foco nas ativi­dades de exploração e produção de petróleo e gás, até 2022, as suas operações e as suas refinarias, além desse estado, ficarão concentradas em São Paulo e no Espí­rito Santo, mantendo apenas as refinarias no Rio e São Paulo. “Vão ficar nesses três estados” – disse.

Desmonte em andamento no Nordeste

A Petrobrás confirmou nesta sexta-feira (6) que vai deso­cupar o edifício Torre Pituba (Ediba), em Salvador. Em nota, a direção da empresa disse que a saída não é um movimento “pontual em uma região específica” e afir­mou que estuda desocupar outras instalações no país.

A direção segue com o processo de venda das refi­narias RLAM (BA) e RNEST (PE); FAFENs da Bahia e Sergipe estão hibernadas; vendeu a malha de gás da TAG; pôs à venda a totalidade de suas participações em 14 concessões de exploração e produção terrestres, localizadas no estado da Bahia, denominadas conjun­tamente de Polo Recôncavo. Também na Bahia anun­ciou a venda da totalidade de suas participações em oito concessões de exploração e produção terrestres, denominadas conjuntamente de Polo Rio Ventura.

Categoria petroleira, vamos à greve para defen­der a Petrobrás e o conjunto de trabalhadores do país contra isso tudo que está sendo implementado.

Comente com o facebook
Compartilhe: