Eleições da Petros: chapa unidade em defesa da Petros é a melhor escolha contra o PED assassino

A votação vai até o dia 16 de setembro. Existem muitas diferenças entre os sindicatos e federações e um dos pontos determinantes para isso foi a questão da Repactuação. Por termos inúmeras críticas aos ges­tores e conselheiros ligados à FUP e à direção da em­presa nos anos anteriores, por termos lutado tanto pela cobrança das dívidas, contra a repactuação, a separa­ção de massas etc, é que temos apresentado candidatu­ras distintas nas eleições.

Este ano, um acordo eleitoral a partir do Grupo de Trabalho que construiu a Proposta Alternativa na questão do Equacionamento (“PED assassino”), levou a que três candidaturas sejam apoiadas por FNP e FUP. Para o Conselho Fiscal é eleita apenas uma chapa. Para o Deliberativo, elegem-se duas, mas cada pessoa só vota em uma. Ou seja, nosso objetivo é eleger três chapas – 54, 42 e também a 52. Como cada um tem direito a um voto individual, votamos chapa 54 de Fer­nando Siqueira, pela maior concordância no que tange ao balanço, às propostas e à atuação do conselheiro ao longo dos últimos anos, além da chapa 42, principal­mente pelos mesmos critérios que podemos qualificar a atuação de Agnelson Camillo.

 

Versão do impresso Boletim CXXXIX

Comente com o facebook
Compartilhe: