Já começou a Greve Nacional Petroleira em todo o país!

Nesta segunda-feira (28), como no último final de semana, várias refinarias, terminais, unidades operacionais estão cortando rendição, realizando atrasos e paralisando suas atividades.

Pela baixa do preço dos combustíveis, contra a venda de ativos, o equacionamento da Petros e a perda de direitos!

A realidade que se impõe hoje no país demonstra a necessidade de FNP, FUP e Centrais Sindicais deflagrarem já a Greve Geral unificando caminhoneiros, petroleiros, eletricitários, professores e todas as categorias profissionais.

Para derrubar Temer e Parente e sua política privatista, a verdadeira responsável pelo aumentou do diesel, gasolina e gás de cozinha, que desconta a crise econômica nas costas dos trabalhadores e de toda a população, junto com outras medidas como a reforma trabalhista e da previdência, tudo para garantir o lucro dos patrões.

Vamos à luta, a hora é agora!
Confira o chamado do diretor do Sindipetro-RJ e coordenador da FNP, Eduardo Henrique presente em uma mobilização no TABG, na manhã desta segunda.

Comente com o facebook
Compartilhe: