Nova proposta de PED (NPP) teve o termo de compromisso assinado na última quinta-feira (27)

O PED aprovado agora no Conselho Deliberativo da Petros deve passar pela Petrobrás, Sest e Previc, e não deverá ser implantado antes da chancela de todos.

Os novos regulamentos ficarão por 30 dias acessíveis no site da Petros para todos conhecerem.

De nossa parte, conforme deliberado em assembleias, concretizamos a assinatura do termo de compromisso condicionante ao NPP no dia 27/02/2020.

E o novo PED aprovado reduziu as metas atuariais: para 4,43% no PPSP-R e 4,37% no PPSP-NR.

Nossos conselheiros solicitaram que fosse disponibilizado um simulador no site, mas para o cálculo basta o salário de participação (ativos) ou o benefício Petros (assistidos) como base para multiplicar pela alíquota.

Foi a nossa união e a luta que proporcionou essa solução mediada. Portanto a luta continua para que possamos ter o ressarcimento das perdas e um controle da gestão que nos permita mais transparência na Petros.

 

 

Comente com o facebook
Compartilhe: