Petros: Fórum quer implementação da nova proposta de equacionamento

Em reunião com o presidente da Petros, Bruno Dias, ocorrida na última terça (10/12), o Fórum em Defesa dos Assistidos da Petros discutiu a implementação da Nova Proposta Petros (NPP), já amplamente aprovada pelas assembleias dos petroleiros em nível nacional. O Fórum manifestou a posição de que a proposta deve ser implementada, mesmo que sua aprovação tenha se dado com algumas ressalvas. Após frisar que a Petros esperava uma aprovação unânime da proposta pelos sindicatos, Bruno Dias admitiu avaliar tecnicamente as ressalvas apresentadas pelos petroleiros, especialmente a que considera a NPP mais onerosa para os assistidos que ganham abaixo de R$ 6 mil, quando comparada ao PED-2015. O presidente da Petros, no entanto, afirmou que haverá dificuldades de encaminhar a NPP, caso os sindicatos não se comprometam a não judicializar as demandas. Segundo Dias, nesta quinta (12) a direção da Petros participará de reunião com o Conselho deliberativo da Petrobrás. E no dia 17/12 está prevista uma reunião com o Fórum. Continuaremos acompanhando as discussões sobre a NPP. Assim que tivermos novos informes, divulgaremos a toda a categoria.

Comente com o facebook
Compartilhe: