Sindipetro-RJ é solidário a sindicalistas perseguidos no Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Por Rosa Maria Corrêa

A multinacional italiana Almaviva afastou de forma arbitrária dois trabalhadores em evidente prática antissindical. Leidiane Lima e Waltemir Augusto são diretores do Sindmarketing/SE e vinham lutando pelas reivindicações dos trabalhadores. Para combater essa prática e exigir o retorno imediato dos dois trabalhadores está sendo lançada uma campanha que envolve a criação de uma rede de solidariedade política e financeira para os trabalhadores afastados que estão há meses sem salários.

Não à intimidação de sindicalistas

Sem motivações, Leidiane, que é presidente do Sindmarketing/SE, recebeu o comunicado da suspensão em outubro de 2020. Antes, em maio, quase metade da diretoria teve seu contrato suspenso, também sem explicação. Waldemir Augusto foi demitido em novembro de 2020. Toda a direção sofre neste momento com assédio moral praticado por gestores da Almaviva/SE.

Luta por direitos não será oprimida

O motivo, que a empresa não declara abertamente nas punições, é uma disputa judicial na qual o Sindmarketing/SE tem obtido vitórias como representante dos trabalhadores de telemarketing no Sergipe.

Divulgue! Para colaborar com a campanha:

Central Sindical e Popular Conlutas
CNPJ: 07.887.926/0013-23
Banco do Brasil (001)
Agência 303-4
Conta corrente 45567-9

Destaques