Vida em primeiro lugar

Em paralelo às celebrações da Independência do Brasil, aconteceu no sábado, 7 de setembro, a 25ª edição do Grito dos Excluídos, uma articulação de pastorais da igreja católica e movimentos sociais. Em todos os estados e em cerca de 130 cidades ocorram mo­bilizações por justiça, direitos e liberdade, contra o des­monte social, crimes ambientais e retirada de direitos.

No Rio de Janeiro, a concentração ocorreu na esquina da Rua Uruguaiana com a Avenida Presi­dente Vargas, no Centro, de onde os participantes caminharam até a Praça Mauá. O Sindipetro-RJ, que sediou algumas das reuniões preparatórias do Grito, participou da manifestação levando a bandeira con­tra o desmonte da Petrobrás e a retirada de direitos de seus trabalhadores.

“Se você é trabalhador, operário, sem teto, sem terra, você é excluído. Fazemos parte de um sistema capitalista que nos exclui a todos. Gritamos pela liberdade do traba­lhador, pela liberdade do operário, pela dona de casa, do aposentado e quem vir a se aposentar”, ressaltou o dire­tor do Sindipetro-RJ, Luiz Mário.

Veja o vídeo em: https://youtu.be/GRetNdQ_WfY

 

Versão do impresso Boletim CXXXIX

Comente com o facebook
Compartilhe: