Cessão Onerosa: nas mãos de Eunício eunicio

Cessão Onerosa: nas mãos de Eunício

Após ser aprovado na Câmara na última quarta-feira (4), a votação do projeto que permite à Petrobrás transferir, para outras empresas, até 70% dos direitos de exploração de 5 bilhões de barris de petróleo, por meio do chamado acordo de Cessão Onero­sa, segue aguardando a aprovação de regime de urgência no Senado, após liberação do presidente, senador Eu­nício de Oliveira (MDB-CE).

O acordo de Cessão Onerosa foi fe­chado pela Petrobrás com a União em 2010 e permitiu à Companhia explo­rar 5 bilhões de barris de petróleo em determinados campos do Pré-Sal, sem licitação. Em troca, a empresa pagou R$ 74,8 bilhões. Se não for votada a urgência, a matéria volta a ser tratada apenas no final de agosto. Se for vota­da e aprovada à urgência nesta terça (7), a matéria irá à votação já na quarta (8). O lobby das empresas estrangeiras certamente está fazendo efeito.

Versão do impresso Boletim LXXXIV

Comente com o facebook
Compartilhe:


Aumentar a fonte
Alto Contraste