Motoristas de táxis e de aplicativos vão quebrar… Se as estatais forem privatizadas…

Se já está difícil garantir o pão de cada dia com tanta concorrência nos táxis e aplicativos, o que vai ser dessas categorias se não tivermos estatais como Petrobrás, Eletrobrás, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Correios, Casa da Moeda e BNDES? Aumentaria o desespero, a violência, os assaltos. Defenda seu trabalho e sua família. Lute conosco contra as privatizações! As estatais são conquistas do povo. Foram construídas com muito investimento, sangue e suor. Graças a essas empresas uma riqueza enorme é produzida aqui dentro e gera renda e empregos no nosso país. Sem elas ficaríamos em situação muito pior.

Se forem privatizadas, dezenas de milhares de postos de trabalho deixarão de existir no Centro da cidade, em outros bairros do Rio de Janeiro e em todas as cidades onde estas estatais atuam. Além disso, a renda que é gasta no comércio se converte em outros milhares de empregos, cujos trabalhadores do setor também gastam parte de seus salários e rendimentos no país, em um efeito cascata. Todos esses trabalhadores são clientes de táxis e aplicativos. Terão que buscar outra forma de sobreviver. Sairão milhares de clientes, entrarão milhares de concorrentes. Uma tragédia!!!

Outro efeito maléfico da privatização será o aumento dos preços dos combustíveis. A Petrobrás na maior parte de sua história praticou preços correspondentes aos seus investimentos e necessidade, pois quase toda sua produção se dá no Brasil, além de contar com um imenso mercado neste país. Assim, seus custos de produção não estavam subordinados ao preço internacional do petróleo e derivados, havendo apenas os impostos incidentes sobre combustíveis, os quais são praticados pelo governo. Porém, desde que em outubro de 2016, o governo e a direção da Petrobrás nomeada por ele começaram a acelerar o projeto de privatização da empresa, passou-se a adotar uma política de preços que encareceu demais os combustíveis e o gás de cozinha. Por que? Para facilitar a privatização da empresa com apoio popular, além de permitir que empresas privadas importassem combustíveis para venda no Brasil, especialmente dos Estados Unidos. As privatizações fazem parte do mesmo pacote de maldades que atacou o direito à aposentadoria, que quer congelar o salário mínimo e acabar com todos os seus direitos. Podemos impedir que essa tragédia aconteça. Vamos somar forças! Lute conosco contra a privatização das estatais. Podemos impedir que essa tragédia aconteça.

EM DEFESA DA PETROBRÁS E CONTRA AS PRIVATIZAÇÕES

PASSEATA AMANHÃ (13/02) 17h na Candelária com ATO na Cinelândia

Comente com o facebook
Compartilhe: