7 de setembro dia da “dependência” do Brasil

Quem está no poder no Brasil usa de um “nacionalismo” bravateiro , mentiroso e entreguista. É hora de acordarmos para acabar com a festa dos abutres!

Eles usam o discurso do patriotismo, mas entregam as riquezas do Brasil , como a Petrobrás e o Pré-Sal , para os usurpadores. Para termos uma ideia do que acontece, empresas estrangeiras como Shell (Reino Unido e Holanda), Total (França), Equinor (Noruega),  ExxonMobil (EUA), BP (Reino Unido) entre outras do mundo das petrolíferas já detém 75% das reservas do Pré-Sal.

O governo Bolsonaro através de seu preposto na Petrobrás, Roberto Castello Branco, e amigo, Paulo Guedes, entregou as duas maiores malhas de gás do Brasil, a NTS (Região Sudeste) e a TAG (Região Nordeste) para as empresas estrangeiras Brookfield (Canadá) e Engie (França).

A BR Distribuidora está sendo pulverizada em ações na bolsa de valores, deixando de ter seu controle por parte da Petrobrás.

Às vias de entregar seu parque de refino, num total de oito unidades, a Petrobrás opera suas refinarias em 70% de sua capacidade de produção enquanto importar derivados de petróleo como gasolina e diesel em dólar, que hoje vale R$4,20, para satisfazer os interesses e o lucro de empresas nos EUA.

Recentemente o governo Bolsonaro anunciou um acordo de liberação de tarifas de importação para o etanol estadudinense, em prejuízo à produção brasileira.

Em visita aos EUA, o ministro da Economia Paulo Guedes disse que vai entregar todas as estatais brasileiras ao capital internacional.

Eles dizem que querem defender a Amazônia da destruição, mas com a outra mão entregam terras e permitem a ocorrência de queimadas. O lema correto deste governo entreguista deveria ser: “Brasil abaixo de todos, mercado acima de tudo”.

Fora entreguistas e usurpadores do Brasil!

Comente com o facebook
Compartilhe: