Candidato ao C.A. da Petrobrás, Christian Queipo debate propostas com petroleiros

Nesta quarta-feira (24), no auditório do Sindipetro-RJ,  o candidato apoiado pelo sindicato na eleição para o C.A. da Petrobrás, Christian Alejandro Queipo, debateu com os petroleiros as linhas gerais do programa que defenderá no Conselho de Administração da empresa caso seja eleito pela categoria. Em sua apresentação, Christian fez um breve histórico das políticas de gestão na Petrobrás, com críticas ao desmonte e à privatização da companhia, à prioridade dada aos investidores privados, à venda de ativos e à política de RH que tenta cortar direitos dos petroleiros e restringir as manifestações de opinião da categoria.

O candidato também criticou, em relação a gestão de empreendimentos, a prioridade dada pelas direções da Petrobrás aos contratos de amplo escopo com grandes empresas como Odebrecht, Camargo Corrêa, Queiroz Galvão e UTC, entre outras, o que teria gerado ágio na compra de equipamentos e uma terceirização de risco. Como solução, Christian sugere mudanças na gestão de empreendimentos, “por meio da internalização das funções de gerenciamento, compra de materiais e fiscalização de obras, reduzindo ao mínimo os contratos de amplo escopo”.

Em outra parte de sua exposição, Christian criticou a política de preços de derivados de petróleo praticada pela Petrobrás, que não leva em conta os resultados no caixa da empresa e a projeção de participação no mercado. Duas conseqüências negativas da atual política de preços, apontadas pelo candidato, foram a ociosidade no parque de refino do país e a entrada do diesel norte-americano no mercado brasileiro.

A eleição para o C.A. da Petrobrás começa neste sábado (27/1) e vai até 11 de março.

Christian Queipo é engenheiro químico, trabalha na Petrobrás desde 2007 e é diretor da Aepet. Sua candidatura também é apoiada pela Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).

 

Comente com o facebook
Compartilhe: