Cobrança adicional da AMS começa agora em maio

A Petrobrás divulgou que haverá contribuição extra para AMS, de maio a agosto de 2019, em virtude do déficit de arrecadação no ano de 2018, referente à proporção 70×30.

As contribuições serão calculadas de acordo com a faixa salarial e a idade dos participantes.

A empresa divulgou os valores abaixo referente ao custeio do plano de saúde no ano passado:

Desembolso total: R$ 2.635.606.269,11

Arrecadação prevista em ACT (30%): R$ 790.681.880,73

Arrecadação realizada: R$ 671.230.983,90

Déficit de arrecadação: R$ 119.450.896,33

A tabela pode ser consultada no link abaixo:

https://ams.petrobras.com.br/portal/ams/beneficiario/companhia-faz-proposta-para-corrigir-o-custeio-da-ams-de-2018.htm

 

Comente com o facebook
Compartilhe: