O Sindipetro-RJ recebeu denúncias de que na P-75 as equipes estão muito desfalcadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Na P-75, segundo relatos, não estão sendo feitas coberturas para quem, por exemplo, sai de férias ou adoece com suspeita de COVID-19 e é levado ao isolamento. Portanto, a equipe já embarca desfalcada. E para agravar a situação, chegam informações ao Sindicato de que houve casos da equipe ter menos cinco petroleiros no total, o que é de fato um absurdo, principalmente por causa da manutenção da demanda de produção.

Enquanto a estatal está enchendo as contas bancárias dos acionistas de lucros, superando 2 milhões de barris de óleo por dia, os trabalhadores são obrigados a enfrentar situações que põem a vida de todos em risco.

Sabemos que os petroleiros que estão nas plataformas são uma parcela da categoria que tem enfrentado bravamente a pandemia desde o início sem que a Petrobrás tome as devidas medidas protocolares contra a COVID-19, postura negacionista da hierarquia – denunciada várias vezes pelo Sindipetro-RJ.

Então, além de serem obrigados a enfrentar o coronavírus diariamente, esses petroleiros estão com enorme carga de trabalho devido à falta de todos os integrantes necessários ao serviço.

O Sindipetro-RJ está acompanhando esta situação de perto!

Destaques