COVID-19: Rede de informações poderá auxiliar MPT e entidades

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Por Rosa Maria Corrêa

Com o objetivo de divulgar, denunciar e acionar o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Departamento Intersindical de Estudos Pesquisas de Saúde e Ambiente de Trabalho (DIESAT) e a Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Fundação Oswaldo Cruz criaram o projeto “Rede de informações e comunicação de trabalhadores expostos à COVID-19”.

Os pesquisadores estão solicitando que trabalhadores de todos os segmentos respondam um questionário virtual para que se possa conhecer e estudar as dificuldades vivenciadas nos ambientes de trabalho frente à pandemia, produzindo um conjunto de dados para ser possível agir juntamente com o MPT, além de auxiliar entidades de classe a elaborar uma fundamentação de propostas de vigilância à nova emergência da exposição ao coronavírus no trabalho.

A participação é voluntária. O questionário, elaborado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da ENSP, é anônimo e todas as informações prestadas são sigilosas. Se precisar tirar dúvidas quanto à condução ética da pesquisa entre em contato pelo e-mail cep@ensp.fiocruz.br.

“Os benefícios diretos envolvem o conhecimento sobre a situação de saúde e dos riscos nos ambientes de trabalho, bem como a possibilidade de contribuir com o aumento do conhecimento sobre uma pandemia. Nos auxilie a compartilhar com trabalhadores de outras áreas também. A Fiocruz precisa de você!”, diz uma das coordenadoras e pesquisadora responsável do projeto, a bióloga Liliane Teixeira, doutora em Saúde Ambiental na área da Saúde do Trabalhador.

Preencha o questionário, tempo estimado de cinco a dez minutos, no => https://redcap.ensp.fiocruz.br/surveys/index.php?s=9A4N8TK4TA  e repasse. Quanto mais trabalhadores participarem, melhor!

Compartilhe a propaganda com o link clicável: Card – Fiocruz

Destaques