Plataforma entra em lockdown com 17 petroleiros positivos para COVID-19

Nesta terça (17), três trabalhadores devem desembarcar da P-69. Eles apresentaram os sintomas da doença e foram mantidos isolados. O primeiro caso foi comprovado no dia 12 passado.

Até o momento, 17 trabalhadores testaram positivo. Ontem (16), mais dois fizeram o PCR e aguardam o resultado.
Diante da grave situação, a empresa enviou uma unidade de saúde à plataforma para realizar a testagem de PCR em todos os trabalhadores e decretou o lockdown da P-69 até amanhã (18), determinando ainda que só desembarcará quem estiver contaminado.

Descaso é crescente

Desde o início da pandemia, a hierarquia da Petrobrás age sem responsabilidade com a vida dos trabalhadores, segue priorizando a produção nas plataformas e se nega a emitir a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) reconhecendo a COVID-19 como acidente de trabalho.

O Sindipetro-RJ está na luta pela vida dos trabalhadores!

Comente com o facebook
Compartilhe: